Tag Archives: Reforma da Previdência; PEC 287/2016

Regiões planejam Acampamentos em Defesa da Previdência

Por Assessoria de Imprensa
Publicada em 12 de abril de 2017

reunião celeiro

Vigília contra a Reforma da Previdência Social deve ocorrer na semana do dia 28 de abril em sete locais do RS

 

Os sindicatos filiados à Federação Estadual dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Rio Grande do Sul (FETRAF-RS), estão realizando encontros para organização dos Acampamentos em Defesa da Previdência que devem ser realizados em sete locais do Estado.

Nesta quarta-feira, 12 de abril, as regiões dos Altos da Serra estiveram reunidas para encaminhamento do acampamento.

Na terça-feira (11), a região do Alto Uruguai através do SUTRAF-RS também realizou encontro para organização da mobilização, sendo que o acampamento deve ser realizado na cidade de Erechim as margens da BR 153.

A regional Celeiro também realizou encontro de planejamento na terça-feira (11), onde definiu que o acampamento deve ser montado junto ao trevo de acesso a Palmeira das Missões na BR 468.

A FETRAF-RS está mobilizada para luta contra o projeto de Reforma da Previdência Social, por esse motivo diversos encontros estão sendo realizados com o objetivo de organizar as mobilizações que ocorrerão na semana do dia 28 de abril. Entre as ações que estão sendo programadas, estão debates sobre o assunto, para melhor conscientização da população quanto os impactos da reforma na vida dos trabalhadores caso o projeto de lei seja aprovado.

A coordenadora estadual da Fetraf RS, Cleonice Back, participou de algumas reuniões ressaltando a importância de todos manterem-se mobilizados para derrubar a reforma da previdência. “ Atualmente o governo federal está recuando e flexibilizando alguns pontos, porque não tem os 308 votos necessários para aprovação da PEC na Câmara dos Deputados. Essa dificuldade do governo é fruto da luta e pressão já realizada pelos sindicatos e movimentos sociais. Por esse motivo precisamos continuar nos mobilizando e lutando contra a aprovação da reforma”, destacou Cleonice.

reunião altos da serra

 

reunião sutraf

FETRAF-RS realiza plenária em Passo Fundo

Por Assessoria de Imprensa
Publicada em 7 de abril de 2017

Fetraf (1)

Sindicato organiza mobilização de resistência contra a Reforma da Previdência e anuncia a criação de vigília em sete locais do Estado

Na manhã desta sexta-feira (07), a Federação Estadual dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Rio Grande do Sul (FETRAF-RS), realizou uma plenária no auditório da Cresol de Passo Fundo. Entre os assuntos debatidos no encontro o tema da Reforma da Previdência foi um dos mais discutidos, já que o sindicato organiza mobilização de resistência contra a aprovação da PEC 287 de Reforma da Previdência.

Fetraf (3)

 

Estiveram presentes no encontro representantes dos sindicatos filiados a FETRAF-RS de todas as regiões do Estado. Conforme a coordenadora geral da FETRAF-RS, Cleonice Back, a plenária buscou apresentar e discutir as ações que estão sendo realizadas pelo sindicato para mobilização contra a Reforma da Previdência. “Nós fomos para rua, estamos nos mobilizando, pois não podemos ficar calados diante de tal absurdo que prevê essa proposta de Reforma da Previdência que o governo está propondo, onde o trabalhador vai trabalhar até morrer sem direito a aposentadoria. ”, destacou.

Fetraf (2)

O encontro deliberou por meios dos sindicatos filiados a FETRAF-RS, para criação em sete diferentes locais do Estado de acampamentos em forma de vigília, buscando chamar a atenção da população e de lideranças quanto ao impacto negativo que trata a reforma na vida das pessoas. “O objetivo é sensibilizar os deputados federais e senadores para que votem contra a Reforma da Previdência. Apesar do governo estar dando sinais que vai mudar o projeto, a FETRAF-RS não acredita, pois pensamos que essa é uma estratégia do governo para dividir a categoria de trabalhadores. Pois se o governo deixar para propor mais tarde a mudança que atinge os agricultores, quando forem votar lá na frente, nós estaremos sozinhos para lutar contra a Reforma. Por esse motivo que a FETRAF continua alerta e mobilizada porque queremos que seja retirada totalmente a proposta de Reforma da Previdência para todos os trabalhadores”, finalizou o secretário geral da FETRAF-RS Rui Valença.

Fetraf (4) Fetraf (5) Fetraf (6) Fetraf (7) Fetraf (8)

FETRAF-RS mobiliza agricultores familiares contra a Reforma da Previdência

Por Assessoria de Imprensa
Publicada em 16 de março de 2017

Atos Fetraf

Mobilização ocorreu em quatro macrorregiões de atuação da FETRAF RS

A mobilização contra a Reforma da Previdência vem agregando a cada dia mais seguidores, na quarta-feira (15), Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência e em Defesa da Educação, a FETRAF RS – Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar no Rio Grande do Sul, reuniu milhares de agricultores em todo o Estado. As mobilizações uniram professores e demais categorias de trabalhadores do campo e da cidade que buscam barrar a PEC 287/2016 de Reforma da Previdência.
Atos promovidos pela FETRAF foram realizados em 12 cidades do Estado, sendo na Região Celeiro, cidade de Santo Augusto houve também a participação de integrantes do município de Tiradentes do Sul, com adesão das escolas municipais e estaduais que paralisaram, além da Prefeitura Municipal e Sintraf, sendo que conforme os organizadores cerca de mil pessoas participaram do ato.

Já no município de Sede Nova, mais de 300 agricultores concentrados na praça municipal realizaram caminhada, com a participação de integrantes do Sindicato dos Municipários e dos professores estaduais. Em Humaitá cerca de 550 pessoas participaram da mobilização que teve a coordenação do Sintraf Humaitá.

A mobilização na Serra ocorreu no município de Ipê, onde participaram aproximadamente 200 lideranças que se concentram na praça central e após realizaram caminhada. O ato contou com a participação do Comitê Contra a Reforma da Previdência, Coletivo de Mulheres da Agricultura Familiar, professores, servidores municipais, extensionistas rurais, Cresol, vereadores, Econativa e COOPERIPÊ.
Na região Sul do Estado, a cidade de São Lourenço do Sul promoveu mobilização, onde agricultores familiares bloquearam pela manhã a BR116, com mais de 100 tratores, liberando a cada meia hora o trânsito na estrada. Na parte da tarde houve uma caminhada reunindo também professores, bancários, pescadores, policiais civis e militares, entre outras categorias.
Na região dos Altos da Serra, o ato contra a Reforma da Previdência ocorreu em Lagoa Vermelha e em Cacique Doble.
Na região do Alto Uruguai, Erechim mobilizou centenas de pessoas que participaram de uma caminhada luminosa e de uma Aula Pública sobre o tema, com a promoção do Comitê Regional em Defesa da Previdência. Em Centenário, onde mais de 600 pessoas participaram do XVI Encontro de Mulheres, também ocorreu uma caminhada pelas ruas do município. Em Jacutinga houve a entrega de informativos ao comércio e a população local.
Em todo o Brasil, 27 estados registraram dos atos, mobilizando mais de um milhão de pessoas que protestaram contra a Reforma da Previdência, Trabalhista e do Ensino Médio. A coordenadora geral da FETRAF-RS, Cleonice Back, fez uma avaliação positiva das mobilizações. “ Os atos foram positivos, reunindo as pessoas e todos os trabalhadores, que estão a cada dia mais tendo consciência do impacto da Reforma em suas vidas. A classe trabalhadora mostrou unidade para estar lutando junto pelos seus direitos, e dizendo não a reforma, não ao retrocesso e o que nós precisamos é reverter os votos dos deputados federais e senadores no Congresso Nacional para que possamos barrar a aprovação desse projeto”, finalizou.

Foto Assecom/ FETRAF- RS