FETRAF-RS promove II Congresso Geral em Passo Fundo

Por Assessoria de Imprensa
Publicada em 27 de junho de 2017


Durante dois dias os participantes realizarão o planejamento de ações e o debate sobre as perspectivas da organização sindical

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Rio Grande do Sul (FETRAF-RS), realizou a abertura do II Congresso Geral da entidade nesta terça-feira, dia 27 de junho, no auditório do Instituto São Carlos em Passo Fundo. O encontro busca realizar o debate das ações da entidade, sobre os desafios e o futuro da organização sindical.

Reunindo participantes dos sindicatos associados de todo o estado, a abertura do evento contou com a participação da coordenadora geral da FETRAF-RS, Cleonice Back, o deputado estadual Altemir Tortelli, o coordenador geral da FETRAF Brasil, Marcos Rochinski, o representante da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Neri Pires, o representante da Cresol Sicoper, Luis de Jesus, o representante da Central Única dos Trabalhadores (Cut), Alcidir de Andrade e o coordenador geral da FETRAF Sul, Vilson Alba.

Uma representação sobre a conjuntura política atual foi realizada na mística de abertura, com apresentação cultural. Após as lideranças destacaram a importância da mobilização para combater as ameaças de retrocesso no âmbito da saúde, educação, previdência entre outras áreas. Foram destacadas ações que beneficiaram os trabalhadores e que foram conquistadas por meio da luta dos movimentos sociais e sindicais do Brasil. “Precisamos entender que é muito importante a mobilização e a participação de todos para juntos possamos fortalecer a agricultura familiar, lutando contra os retrocessos que vem ameaçando as políticas sociais e educacionais no país”, destacou a coordenadora da FETRAF-RS.

No período da manhã, foi realizada ainda um painel sobre a conjuntura política brasileira com o deputado Altemir Tortelli e com o professor do Ifibe Valdemir Both. “Nunca vivemos um momento como esse no Brasil, será que as consciências estão tão anestesiadas e o que nós podemos fazer para mudar isso. Acho que o Congresso tem essa importância, precisamos dialogar para encontrar soluções”, disse Both.

O Congresso segue durante todo o dia, com painéis a atividades em grupo para debate sobre a organização sindical. Na terça-feira, dia 28 de junho, o evento encerra com a discussão dos eixos de atuação da FETRAF-RS, assim como a eleição e posse da nova diretoria da entidade.

Fotos ASSECOM/FETRAF-RS


LINKS ÚTEIS