Delegação da Fetraf-RS participa do 13º Congresso Nacional da CUT

Por Assessoria de Imprensa
Publicada em 11 de outubro de 2019


De 7 a 10 de outubro de 2019, 5 delegados da Fetraf-RS participaram do 13º Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores (CONCUT). O Coordenador Geral da Fetraf-RS, Rui Valença, esteve presente representando o Sindicato Unificado dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Alto Uruguai juntamente com Juraci Lúcia Zambom Tomicki. Os demais dirigentes sindicais e seus municípios foram os seguintes: Tadeu Cardoso da Perciuncula, de Mostardas; Gelso Francisco Polaquini, de Constantina; e Vilson José Alba, de Sarandi.

É preciso salientar o contexto em que se insere esse 13º CONCUT, que acontece de 4 em 4 anos e no qual se alinham as nossas lutas, os nossos desafios para o período até o próximo congresso, e é fundamental nossa participação nesse debate e mobilização conjunta para nos organizarmos para vencer esse momento difícil. Momento esse que se inaugurou com o impeachment da presidenta Dilma e a consequente constituição de um novo modelo de governo diferente do que nós tínhamos conquistado nos últimos 30 anos. No período curto de governo do presidente Michel Temer, em torno de 2 anos, nós tivemos a reforma trabalhista, que piorou muito as condições do trabalhador urbano, também tivemos a PEC 95, que congelou os gastos do orçamento da União, quando o governo não pode gastar mais do que gastou no ano anterior durante os próximos 20 anos e isso com certeza está fazendo falta nesse momento. Ademais, no próprio governo Michel Temer ainda teve uma tentativa com uma proposta de reforma da previdência. Já o governo Bolsonaro, dando sequência ao sistema implantado que é contra o trabalhador, ele aprova a reforma da previdência na Câmara dos Deputados e em 1º turno no Senado (falta só o 2º turno no Senado) e essa reforma da previdência também vem prejudicar muito os trabalhadores.

Nós estamos em uma intensa crise econômica evidente com o desemprego, visto que temos atualmente 40 milhões de pessoas entre desempregadas e trabalhadoras informais (que são aqueles trabalhadores que não têm carteira assinada e que trabalham em condições muitas vezes precárias). Pobreza e violência crescentes com os cortes que o atual governo vem fazendo na educação, na saúde, nos servidores. A partir desse cenário, o 13º CONCUT foi realizado com uma perspectiva muito preocupante para nós trabalhadores do campo e da cidade. Apontamos as questões que são necessárias de trabalharmos e saímos desse congresso, de uma certa forma, orientados ao que devemos fazer nos próximos anos: precisamos trabalhar a organização social; estarmos presentes como sindicato na sociedade discutindo os problemas também de uma forma além do que é só da categoria ou só do sindicato; ter uma atuação política comprometida com a agricultura familiar e com os demais trabalhadores; e precisamos ter uma atuação sindical para defender e evitar de perdermos nossos direitos, o que a gente fez com a reforma da Previdência. 

Precisamos ter um projeto de desenvolvimento que proteja nossa soberania. Precisamos lutar e organizar um novo sistema financeiro, um novo sistema que seja mais justo para os trabalhadores. Numa luta de classes que nós temos na qual nós trabalhadores temos que ter clareza de que lado nós estamos, quem nós somos e não nos confundirmos porque nós somos a classe social dos trabalhadores e a classe social dos ricos só acumula e só ganha dinheiro a partir da exploração que faz em cima do nosso trabalhador, em cima da Agricultura Familiar. É importante valorizar quem está produzindo. Apesar dos banqueiros e famílias que hoje estão explorando através da especulação financeira, somos nós, agricultores familiares, que produzimos 70% dos alimentos, continuamos produzindo os nossos alimentos e os que o Brasil consome. Os sindicatos da Fetraf-RS estão nessa luta de valorização da agricultura familiar. Juntos, com mais coragem e compreensão, encerramos nossa participação no CONCUT esperançosos do que vamos concretizar ao trazer os debates para nossas regiões e nosso estado como um todo.


LINKS ÚTEIS