Agricultores Familiares da Fetraf RS realizam ato na Expointer em protesto a crise do leite

Por Assessoria de Imprensa
Publicada em 31 de agosto de 2017


No Rio Grande do Sul são aproximadamente 100 mil produtores de leite, sendo que 90% deles são agricultores familiares e 25% representam a Fetraf RS

Escrito por: Assessoria de Comunicação da CONTRAF BRASIL – Patrícia Costa

Na manhã desta quarta-feira 30 de agosto, os trabalhadores e trabalhadoras da agricultura familiar da FETRAF do Rio Grande do Sul realizaram um ato na Expointer, em frente a casa do governador José Ivo Sartori (PMDB), em protesto a crise do leite no país.

Segundo os agricultores familiares, a crise do leite tem causando prejuízos e muitos não estão conseguindo manter sua produção, após a queda no valor pago pelas indústrias aos agricutlores e agricultoras familiares.

“Nossa reivindicação é falar com o governador sobre essa crise que afeta não apenas o Rio Grande do Sul, mas os estados de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e Goiás. Há quatro meses houve uma queda de R$ 0,60 centavos no valor pago pelas indústrias aos agricutlores e agricultoras familiares e isso tem colocado a cadeia do leite em uma crise sem precedentes”, explica Rui Valença da direção da Fetraf RS.

No Rio Grande do Sul são aproximadamente 100 mil produtores de leite, sendo que 90% deles são agricultores familiares e 25% representam a Fetraf RS.

A Expointer é o espaço onde ocorre o encontro da cidade com o campo e se destaca como a maior feira de animais, implementos e produtos agrícolas a céu aberto da América Latina.


LINKS ÚTEIS