Acampamento em Defesa da Previdência reeditado de 11 a 14 de junho de 2019

Por Assessoria de Imprensa
Publicada em 11 de junho de 2019


A Fetraf-RS inicia hoje a segunda edição do Acampamento em Defesa da Previdência. A primeira foi feita em abril de 2017, e este ano mais uma vez realizamos esse acampamento contra a Reforma da Previdência.

Serão feitos acampamentos e atos em seis regiões da Fetraf-RS: na região Alto Uruguai, no município Erechim; na região Médio Alto Uruguai, em Sarandi; na região Altos da Serra, em Sananduva; na região Celeiro, em Campo Novo; na região Sul, em São Lourenço do Sul; e na região Botucaraí, em Espumoso.

O objetivo destes acampamentos é chamar a atenção da sociedade para os prejuízos que a Reforma da Previdência vai trazer para a Agricultura Familiar, para os trabalhadores em geral, e especialmente para as agricultoras familiares, que perderão um valor de, no mínimo, 65 mil reais. Com isso, queremos dialogar com o governo, com os parlamentares, e demonstrar para a sociedade nossa insatisfação e, sobretudo, preocupação com essa injustiça que é a Reforma da Previdência.

O acampamento está dentro do calendário que a Fetraf-RS fez para o ano de 2019. Já realizamos mais de mil reuniões nas comunidades do interior, atingindo 30 mil pessoas, fazendo o debate sobre a Reforma da Previdência. Foram inúmeras audiências públicas, seminários e na semana passada (de 03 a 06 de junho de 2019) uma delegação da Fetraf-RS esteve em Brasília conversando com os parlamentares. Esta semana, então, realizamos o acampamento preparando para a Greve Geral do dia 14 de junho. Esta paralisação é chamada pelas centrais sindicais, entre elas a CUT-RS, da qual a Fetraf-RS é filiada.

Confira algumas fotos desse início de acampamento:

Ato de abertura do Acampamento

 

Acampamento em Sarandi

 

Acampamento em Erechim


LINKS ÚTEIS